Diamante negro e Safira negra

Diamante negro e Safira negra
rough sapphire from Australia
Safiras negras da Austrália
Para quem gosta de pedras negras há muitas opções a considerar como: hematita, magnetita, cassiterita, schorlita (turmalina negra), azeviche (jet), shungite, obsidiana, safira, melanite, diopsídio estrela negra (com asterismo), diamante (carbonado, bort) serendibita, tectitos ou até mesmo coral negro.
Para quem gosta de colecionar pedras por cor considere esta uma pequena lista de pedras pretas.
rough black diamonds
Diamantes negros brutos
No entanto para quem gosta de pedras pretas em uma jóia, as melhores são o diamante preto e a safira negra.
Se uma o inconveniente é o preço a outra se torna a opção mais próxima.

Curiosamente, poucas pessoas sabem que diamantes e safiras podem ser encontrados em variedades negras.

Breve descrição dos prós e contras da Safira negra vs Diamante negro:
Ao contrário de suas contrapartes incolores e coloridas, tanto os diamantes pretos quanto as safiras negras foram considerados pedras preciosas inferiores e de baixo grau e não eram comumente usados ​​em jóias. No entanto, desde os anos 90, os diamantes negros viram um aumento inesperado em popularidade, em parte devido a táticas de marketing inteligentes e designers de jóias que incorporaram a pedra em seus trabalhos. As safiras negras não são tão prestigiadas quanto os diamantes negros. Elas ainda são consideradas pedras preciosas de segunda categoria e não são muito valorizadas.

Diamante negro
anel de diamante preto
Os diamantes negros, também conhecidos como carbonado, contêm grafite e carbono amorfo em sua composição. Os diamantes negros ficam com a cor preta devido a presença de grandes quantidades de impurezas de grafite na pedra. Os diamantes negros naturais são muito raros sendo encontrados principalmente na África Central e no Brasil.
Os diamantes pretos são 10 na escala de Mohs e são os mais resistentes de todas as variedades de diamantes, devido à sua composição compacta. A cor dos diamantes pretos é classificada como Preto extravagante e pode variar de cinza fraco a preto sólido. Diamantes pretos uniformemente saturados são os mais procurados. Essas pedras também são bastante lustrosas e geralmente são facetadas para obter o máximo efeito. Diamantes negros são mais densos, então, como essas pedras são mais densas que suas contrapartes incolores, um diamante preto de 1 quilate será um pouco menor que um diamante incolor de 1 quilate.
Os 4 cs dos diamantes:
Os diamantes pretos são avaliados de maneira um pouco diferente dos outros diamantes incolores ou coloridos.
Ao contrário de outros diamantes coloridos, os diamantes pretos não têm variações de tom ou saturação. É por isso que eles têm apenas uma série - Fantasia .

Como já discutimos, a cor da pedra provém de minúsculas impurezas e pode ser encontrada do cinza ao preto vívido. A cor depende do tipo de inclusões.
Os diamantes negros naturais podem ser muito caros, dependendo da qualidade da pedra, com alguns quilates custando milhares de dólares.
Corte e lapidação de diamante negro:
Você já deve ter ouvido falar que o corte é o fator mais importante em um diamante e que ele é maximizado para destacar o brilho da pedra. Isso vale para diamantes incolores, mas não para diamantes pretos.
Como os diamantes negros não refletem a luz adequadamente, eles não brilham e têm um brilho muito suave. A lapidação de um diamante preto dará à pedra a reflexão da luz e mais vida. Os diamantes pretos podem ser cortados em todos os cortes populares de pedras preciosas, como redondo, princesa, almofada, marquise, pêra, coração ou almofada.
Sabendo que os diamantes negros são mais duros de cortar e polir, devido aos seus padrões estruturais, como resultado, eles podem facilmente quebrar durante o árduo e longo processo de corte e lapidação. É necessário um conhecimento muito especializado do lapidário para trazer o melhor do diamante preto sem danificá-lo durante esse processo.

Safira negra
anel de safira negra
Já as Safiras negras são coríndon com inclusões que causam a cor da pedra. Ao contrário dos diamantes negros, as safiras negras são encontradas em quantidades abundantes, sendo a maioria originária da Austrália.
Safiras pretas são encontradas em variedades translúcidas a opacas e podem aparecer em preto sólido. As safiras negras são geralmente facetadas em formas sofisticadas para dar profundidade e aprimorar o brilho da pedra. Eles também são frequentemente cortados em cabochão. 

Como a safira preta é muito acessível, tome cuidado se o preço da pedra parecer alto. Embora a safira preta em si possa ser bastante acessível, a configuração e metal em que é colocada pode ser mais valiosa do que a própria pedra.
 Eles têm muito boa durabilidade 9 na escala de Mohs e usabilidade. Como safiras negras não são quebradiças, elas não são propensas a quebrar. As safiras pretas são geralmente de cor preta sólida e parecem absorver toda a luz que a toca. Não reflete a luz e não é uma pedra brilhante. Eles são frequentemente facetados ou cortados em cabochão.
Na contra mão dos diamantes, Safiras pretas, são muito acessíveis.

Pedras sintéticas e tratadas
Devido ao alto preço dos diamantes pretos naturais, a maioria dos diamantes pretos no mercado é feita por tratamento térmico de diamantes incolores de baixa qualidade para torná-los pretos. Existem também diamantes pretos sintéticos, que são versões feitas pelo homem. Estes são exatamente parecidas com as pedras naturais.

Às vezes, safiras pretas podem ser tratadas termicamente para melhorar sua cor. Existem também versões sintéticas de safira estrela negra (safira com asterismo), que é uma variedade mais cara de safiras negras.

Outras pedras negras
Pedras tradicionalmente conhecidas por variar de cores de vermelho a violeta também apresentam variações de preto e incluem: fluoritos pretos, jaspe preto, zircônia negra, granadas pretas, espinélio preto, pedras da lua pretas e berilo pretos conhecidas como esmeraldas na forma verde muito escura.

Fonte:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Segue oficina70.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...