oficina70.com

Pedras brasileiras mais cobiçadas no mundo

Pedras brasileiras mais cobiçadas no mundo
Esta é uma lista das pedras preciosas brasileiras mais cobiçadas por colecionadores e compradores de pedras e gemas no mundo.

O Brasil possui uma longa história de produção de pedras preciosas e é responsável por alguns dos melhores espécimes do mundo.
O Brasil é, de longe, a fonte mais rica de pedras preciosas de classe mundial.
Há uma variedade de mais de 90 pedras preciosas e outros minerais encontrados no país qmas estas são as mais apreciadas no mundo.

Água-marinha
água marinha lapidada
A água-marinha é uma pedra da família do berilo, que recebe esse nome pela sua cor que se assemelha à água do mar. Então, isso varia de verde para azul, assim como os oceanos. Atualmente, as cores mais populares e, portanto, valiosas dessa pedra são suas versões mais claras, "azul céu".
Atualmente, 90% da água-marinha do mundo é extraída no Brasil, mas essa pedra também pode ser encontrada em pequenas quantidades na Rússia, nos Estados Unidos, no Afeganistão, no Paquistão, Namíbia e na Índia.
água marinha bruta em canudo qualidade -b
Água-marinha é facilmente encontrado em grandes depósitos de vários quilates de cada vez, e são frequentemente livres de inclusões (falhas internas).
No Brasil o maior produtor é Minas Gerais, sendo também encontrada nos estados da Bahia, Espírito Santo, Paraíba e Rio Grande do Norte onde são encontradas as melhores água-marinha do Brasil.

água-marinha com 149,1 kg
A maior água-marinha encontrada no Brasil é esta da foto acima pesando 149 kg e foi encontrada na cidade de Tenente Ananias no Rio Grande do Norte, ela veio suceder uma outra água-marinha que pesava 110 kg que tinha sido encontrada na cidade de Resplendor em Minas Gerais.

Nota:
A maioria, se não toda a Aquamarine, foi tratada termicamente para melhorar ou clarear a cor.
Se a Aquamarine receber grandes quantidades de tratamento térmico, ela irá descorar ou ficar quase incolor.

Ametista 
ametista lapidada
A ametista é a pedra mais cobiçada entre os quartzos, e sua cor varia entre roxo ao violeta. Desde que grandes depósitos da popular pedra roxa foram encontrados no Brasil no século 19, o país se tornou um grande exportador mundial.
São encontradas um pouco por todo o Brasil, mas as mais famosas são os geodos de ametistas que são encontrados no Sul do Brasil.
ametista bruta martelada
Quanto mais roxa ou lilás, melhor a qualidade.
No Brasil, além do Rio Grande do Sul que é o maior produtor mundial, podem ser encontradas nos seguintes estados: Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Santa Catarina.

Encontra-se em várias formas de crescimento sendo as mais comuns:
Drusa ametista, Cetro de ametista, Ametista com crescimento dividido, Cristais bem desenvolvidos prismáticos e veios de quartzo feito de "Chevron ametista".
Ametrina da Bolívia uma fusão de citrino e ametista
Ametrina da Bolívia uma fusão de citrino e ametista
A variedade confundida mais comum com a Ametista é a Ametrina (Bolivianita), mas na verdade é uma variação combinada das 2 gemas; Ametista e Citrino.

Cuidado com as imitações:
Existem muitos tipos de ametista sintética, por isso certifique-se de perguntar antes de comprar.
A ametista é frequentemente tratada termicamente para mudar sua tonalidade.

Nota:
Se encontrar ametistas, não acondicione-a ao sol, proteja-a da luz solar pois a pedra poderá com o tempo perder a sua tonalidade natural.
Essa pedra é uma das mais antigas já usadas pelo homem, e seu nome vem da palavra grega methystos, que literalmente significa "não bêbado". As pessoas costumavam a usar ou carregar nos bolsos para evitar a embriaguez.

Citrino
citrino brasileiro
Muitos países sul-americanos são fonte de citrinos, incluindo Argentina, Bolívia e Uruguai, mas o Brasil produz alguns dos melhores citrinos do mundo. O citrino é um membro da família do quartzo e o citrino brasileiro é conhecido por seus tons quentes e únicos, que variam de amarelo a laranja.
Citrino natural é raro.
geodo de citrino de Minas Gerais
Os melhores citrinos do mundo vem do Brasil, de algumas minas dos estados da Bahia, Goiás e de Minas Gerais.
A Paraíba e no Rio Grande do Sul, também produzem citrinos mas não da mesma qualidade dos estados acima citados. Do Rio Grande do Sul saem grandes pedras de citrino em geodos.
geodo de citrino do Rio Grande do Sul
Cuidado com as imitações:
Os citrinos naturais são na maioria amarelo pálido. Os citrinos tratados não mostram pleocroísmo (propriedade de exibir cores diferentes), enquanto os citrinos naturais têm um fraco pleocroísmo.

Hoje em dia os joalheiros dizem que o citrino não é mais raro, mas, na verdade, a maioria dos citrinos comerciais são ametistas tratadas termicamente ou quartzo esfumaçado. A ametista brasileira muda de amarelo-claro para amarelo-escuro a vermelho-marrom, dependendo da temperatura do calor. Alguns quartzos fumê ficam amarelos a uma temperatura mais baixa, por isso é necessário ter cuidado ao soldar uma jóia na pedra.

O comércio mineral muitas vezes chama de "topázios" citrinos, mas isso é incorreto e não deve ser permitido, mesmo quando qualificado como Bahia, Ouro, Madeira, Palmyra, Rio Grande-topázio. A maioria dos citrinos em oferta no comércio tem um toque avermelhado.

Pedras de cor sintética são produzidas na Rússia e no Japão em escala comercial.

Nota:
Citrino pode ser confundido com todas as pedras amarelas, especialmente berilo amarelo (golden beryl), ortoclásio, topázio amarelo e turmalina amarela.

Esmeralda 
esmeraldas brasileiras lapidadas
Todos sabemos que a Colômbia é um dos maiores produtores de esmeraldas do mundo, mas o Brasil produz esmeraldas de olhos de gato raras (cat’s-eye emeralds) e esmeraldas de estrelas de seis raios (six-spoke star emeralds) muito raras. Nenhum outro país jamais produz este esplêndido tipo de esmeralda.
lote de esmeraldas brutas
As minas de esmeralda destas duas variedades no Brasil estão localizadas nos estados da Bahia, Minas Gerais e Goiás. Alguns dizem que agora estão produzindo esmeraldas rústicas que rivalizam com as minadas na Colômbia.
esmeraldas de olhos de gato raras (cat’s-eye emeralds)
Esmeraldas olhos de gato (cat’s-eye emeralds)
Esmeraldas estrelas de seis raios (six-spoke star emeralds)
Esmeraldas estrelas de seis raios (six-spoke star emeralds)
Outros estados brasileiros que produzem esmeraldas comuns são os estados do Ceará, Tocantins e Rio Grande do Norte.
Nota:
Não confunda esmeralda olho de gato com turmalina olho de gato, pois são bem idênticas.

Topázio imperial
anel de topázio imperial
O Brasil é a maior fonte de topázio imperial no mundo, enquanto outros pequenos depósitos podem ser encontrados na Rússia. As principais minas do mundo estão localizadas nas cidades de Ouro Preto e Ouro Branco em Minas Gerais, e produz topázio imperial nas cores amarela, laranja, rosa, lilás e vermelho-cereja. Algumas cores da topázio imperial são extremamente raras como o amarelo ouro, sendo o rosa o mais comum encontrado.
topázio imperial bruto
Conhecido como "rubis brasileiros", foi encontrado no Brasil pela primeira vez em 1751. Pela sua raridade e beleza é uma das pedras mais valorizadas da atualidade.
Cuidado com as imitações:
Quando aquecido, o topázio amarelo torna-se frequentemente rosa-avermelhado.
topázio imperial bruto qualidade superior
 Nota:
Em Portugal, o topázio (mineral) pode ser encontrado na zona de Gonçalo, Guarda.

Turmalina paraíba
turmalina paraiba bruta
Apesar do país possuir turmalinas de uma variedade de cores, como laranja, amarelo, verde, azul e violeta, a turmalina paraíba merece um destaque por sua raridade.
Turmalina paraíba bruta
Turmalina paraíba bruta
Essa variedade, de um azul turquesa único, deriva sua cor de traços microscópicos de cobre. Essas gemas são encontradas no estado do norte da Paraíba, ao qual elas devem seu nome. Ocasionalmente, as cores nas turmalinas são misturadas, resultando em pedras bi-coloridas ou multicoloridas designando-se como turmalina melancia.
turmalina melancia
Turmalina melancia

Rubelita
turmalina rubelita lapidada
Rubelita é uma outra variedade de turmalina (pink tourmaline) que chama a atenção no mercado internacional por sua cor única, que varia entre diversos tons de rosa a um vermelho vívido.

A rubelita atualmente é a queridinha do mundo, sendo que algumas pedras são mais valorizada até do que o rubi natural dependendo da qualidade e principalmente da cor da pedra. A cor da rubelita varia de cor-de-rosa de diferentes graus de intensidade a um vermelho que é bastante atrativo, embora geralmente um pouco menos que o do rubi, também pode ser rosa violeta ou vermelho, e rosa ou vermelho com um tom acastanhado.
turmalina vermelha, rubelita bruta
Porém, nem toda turmalina vermelha ou rosa pode ser chamada de rubelita. Se a pedra for exposta à iluminação solar ou à luz artificial e acabar apresentando manchas, distorção no brilho e na nuance, a pedra deve ser classificada como turmalina rosa ou vermelha, conforme sua cor.
Seu valor é diretamente relacionado com a pureza do vermelho: quanto mais intenso, mais valiosa é a pedra.
No Brasil são encontradas principalmente no estado de Minas Gerais, nas localidades de Conselheiro Pena, Coronel Murta, Itambacuri, Itinga, Taquaral e São José da Safira.

Diamantes coloridos
diamantes coloridos brasileiros
Poucas pessoas sabem que o Brasil já foi o principal produtor de diamantes do mundo, e embora tenha perdido o posto de número 1, ainda continua sendo um importante produtor mundial.
diamante vermelho bruto
Nos anos 1700 e início dos anos 1800, alguns dos diamantes mais famosos do mundo foram encontrados em terras brasileiras, não só diamantes incolores (transparentes) mas os raros diamantes coloridos, sendo os diamantes vermelhos extremamente raros, assim como verdes e outras cores fascinantes.
diamantes vermelhos raros lapidados
Portanto se encontrar uma pedra com cor diferente da qual esta acostumado ver nos diamantes, pode ser que seja diamante, efetue testes caseiros para diamantes como o teste de dureza de minerais, gravidade específica ou outro, será muito difícil de se encontrar um diamante com cores, porém se com sorte encontrou algum, pode ser que seja um grande e raro achado.
diamante bruto amarelo
No Brasil diamantes coloridos são encontrados um pouco por todo lado nas regiões diamantíferas, principalmente no estado de Minas Gerais e Mato Grosso. Muitas vezes são rejeitadas como se tratande apenas outra pedras colorida por garimpeiros inexperientes que pensam que diamantes são só transparentes. Um descuido que muitos simplesmente
dão por descartar.

Fontes:

Donde se encuentra oro en Espanã

Dónde és posible buscar y encontrar oro en España
Con los altos precios del oro y su estabilidad,los buscadores de oro y los 'bateadores' de oro están vuelve la fiebre del oro en Espanã.
No, no está prohibido buscar oro en España, cuando se trata de buscadores de oro aficionados, utilizándose sólo de herramientas y materiales de pequeño porte y sin por ello la depredación de la naturaleza.
bateadores de oro en venezuela
Donde encuentrar oro en Espanã
En España existen 174 depósitos de oro referenciados. Pero aún así, hay lugares que aún no han sido catalogados porque no se ha hecho ningún levantamiento geológico o relatos de que allí pueda haber oro. Pero de estos 147 lugares referenciados sólo algunos se podrán ejecutar el pasatiempo de garimpo de oro.

Como pueden ver logo abajo, en la Provincia de León en la comunidad autonómica de Castilla y León es el lugar en España donde hay más referencias de oro.

Nota:
Si por casualidad falta algún yaciamiento que nos olvidamos, de donde ya se ha encontrado oro en suelo español, por favor ayudenos y mejorar esta lista dejando el local en el comentario al final de este artículo. Gracias.

 Yacimientos de oro en Andalucia
Almeria
Albox,  Armuña de Almanzora,
Cabo de Gata: Mina Rodalquilar e Seron.
Rodalquilarita, Oro Nativo y Jarosita.
Filón 340, Rodalquilar, Almería, Andalucía, España.
El Oro Nativo se presenta como pequeños puntos en las zonas

oscuras de la matriz de Calcedonia blanca. Col. y foto Nacho Gaspar.

Córdoba
Cerro Muriano.


Granada
Caniles, Granada, Río Darro,
Río Genil, Ugijar y en Velez de Benaudalla.

Huelva
Minas de Cala, Calañas, Minas Riotinto y en Tharsis.

Málaga

Carratraca, Ojén y en Ronda.


Sevilla
Aznalcollar, La Puebla de los Infantes, Lora del Río y en Peñaflor.

Yacimientos de oro en Aragón
Huesca
Jaca, Macizo del Aneto, Sabiñanigo,
Sallent de Gállego y en Valle de Gistain.

Zaragoza
Calatayud.

Yacimientos de oro en el Principado de Asturias

Asturias
Carlés, Allande, Luarca, Salas, Tapia de Casariego,
Tineo: Navelgas, Sierra del Aramo y en el Valle de Boinás.

Yacimientos de oro en Castilla La Mancha
Guadalajara
El Ordial, Hiendelaencina y en Navas de Jadraque.

Toledo
La Nava de Ricomalillo.
Oro nativo con Cuarzo - Mina Pilar, La Nava de Ricomalillo, Comarca La Jara, Toledo, Castilla-La Mancha España
Oro nativo con Cuarzo - Mina Pilar, La Nava de Ricomalillo,
Comarca La Jara, Toledo, Castilla-La Mancha España

Yacimientos de oro en Catalunya

Girona

Comarca del Alt Empordà:

Colera, La Jonquera y en Sant Llorenç de la Muga.
Comarca del Ripollès:
Queralbs y en el Vall de Ribes.

Lleida
Comarca de la Vall d'Aràn

Tarragona
Comarca de la Conca de Barberà
Monasterio de Poblet:
Coma Fosca, Roca de Ponent y en Sant Miquel.

Yacimientos de oro en la Extremadura
Badajoz
La Codosera y en la Puebla de la Reina.

Cáceres
Calzadilla, Logrosán, Membrio,
Montehermoso, Valencia de Alcántara y en Zarza la Mayor.

Yacimientos de oro en la Comunidad Murciana
Murcia
Murcia Ciudad.

Yacimientos de oro en Galicia
A Coruña
Cabana, Carballo, Valdoviño e en Zas.

Lugo
Becerreá, Monforte de Lemos y en Quiroga.

Ourense
Arnoia, Avión, Beariz, Cabanelas,
Carballino, Cenlle, Irijo e en el Puerto del Rodicio.

Pontevedra
Lalín
Variedad electrum de oro nativo en la matriz de cuarzo
Variedad electrum de oro nativo en la matriz de cuarzo.
Yacimientos de oro en Castilla y León
León
Bembibre, Banabides de Orbigo, Benuza,
Boca de Huergano, Borrenes, Brazuelo, Burón,
Bustillo del Paramo, Cacabelos, Camponaraya, Candin,
Carucedo, Castrillo de Valduerna, Castrillo de los Polvazares,
Castrocalbón, Castrocontrigo, Castropodame, Cimanes del Tejar,
Congosto, Corullón, Destriana, Fabero, Folgoso de la Ribera,
Hospital de Orbigo, Igüeña, La Bañeza, La Robla, Las Omañas,
Lucillo, Luyego de Somoza, Magaz de Cepeda, Maraña,
Murias de Paredes, Noceda del Bierzo, Palacios del Sil,
Paradaseca, Páramo del Sil, Ponferrada, Posada de Valdeón,
Priaranza de la Valduerna, Priaranza del Bierzo,
Puente de Domingo Flórez, Quintana del Castillo,
Quintana y Congosto, Rabanal del Camino,
Reguera de Arriba, Riaño, Riego de la Vega,Riello,
Rioseco de Tapia, Salamón, Santa Colomba de Somoza.
Santa Elena de Jamuz, Santa Marina del Rey, Santiago Millas,
Sierrra de Ancares, Sobrado, Soto y Amio,
Toral de los Vados, Torre del Bierzo, Trabadelo, Truchas,
Turcia, Val de San Lorenzo, Valdesamario, Vega de Espinareda,
Villablino, Villafranca del Bierzo, Villagatón, Villamejil,
y en los Villares de Orbigo.

Salamanca
Bermellar, Berrocal de Salvatierra, Calzadilla de Mendigos,
Encinasola de los Comendadores, Masueco, Membribe,
Navasfrias, Palacios de Salvatierra, Peña de Francia,
Pizarral de Salvatierra, Puebla de Azaba, Saldeana,
Saucelle, Sierra de Gata y en Valderrodrigo.

Segovia
San Rafael y en Sierra de Ayllón.

Zamora
Alcañices, Fonfría, Hermisende, Losacino, Muelas de los Caballeros,
Pino del Oro, Rabano de Aliste, Trabazos y en Villadepera.

Continúa leyendo más:


Fuentes de referencia de este artículo:

Segue oficina70.com