Oficina70: Rios auríferos em Portugal

Rios auríferos em Portugal

Em Portugal os principais rios auríferos se encontram na região de Castelo Branco, sendo um dos principais pontos de mineração a céu aberto da Europa antiga.

Sobretudo no Concelho de Vila Velha de Ródão onde várias áreas de extracção de ouro a céu aberto vulgarmente e nomeadas na idade romana como "conheiras" existiam ao longo dos principais cursos de água que atravessam este território.


Notas:

Meio ilegal para garimpar ouro:

Em Portugal é expresamente proibido o garimpo de ouro em locais históricos e/ou sem autorização governamental e do Ineg para fins comerciais e de indústria.

Meio legal para garimpar ouro:
Como hobby é aceitável, desde que não se efectuem o garimpo em sítios históricos e com equipamentos manuais (bateia) e/ou artesanal para minerar ouro e sem a depredação dos meios naturais, sob risco de elevadas multas pela GNR-SEPNA (Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente).




Factos:

Na actual data há relatos de que nos afluentes do Rio Tejo que cruzam este território como o Rio Ocreza, Erges e Avaril aventureiros ainda encontram pepitas de ouro.
Um exemplo é o do Rio Ponsul onde é referido que na Freguesia de Escalos de Baixo na foz da ribeira dos Escalos (ribeiro da Ribeirinha) ainda se encontram ouro nos seus areais e também na Freguesia de Lousa na ribeira de Alpreade, residentes confirmam que "em alguns verões vêm gandaeiros, e há notícia que algumas vezes acham seus grãos de oiro", e também na Freguesia de Malpica do Tejo é referido que "os moradores de Arganil alguns anos vêm tirar ouro de suas areias".
As zonas auríferas neste afluente do Rio Tejo se extendem na margem direita nos terraços quartzíticos junto da imponente falha tectônica deste rio.

Quando fiz uma descida de canoagem no Rio Zêzere, reparei que a certa altura na margem direita alguns "gandaieiros" garimpavam o solo de forma artesanal à procura de ouro, se lucram êxito? não sei, pois não parei para os perguntar.
SUCESSO e boa sorte a eles.

Hobby

Se quer se dedicar ao garimpo do ouro como um hobby de fim de semana, então sugerimos umas aulas de como garimpar ouro com os “gandaieiros”, que nada mais são do que um grupos de profissionais que se dedicam à exploração do ouro de aluvião no Rio Tejo.
Alguns destes antigos profissionais ainda podem ser encontrados na aldeia de Foz do Cobrão e que com certeza irá valer uma visita e conselhos de algum destes anciãos remanescentes na vila.

Estes são apenas alguns dos mais conhecidos rios auríferos em territórios lusos:
Rio Tejo
(no alto Rio Tejo);
Rio Ocreza;
Rio Erges;
Rio Avaril;
Rio Alva;
Rio Zêzere;
Rio Ceira;
(...)
Para mais informações, favor consultar as seguintes fontes:



Fiscalização da actividade:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Segue-nos e partilhe com amigos...