Oficina70: Identificação de pedras preciosas

Identificação de pedras preciosas

Muitas vezes, as pessoas nos enviam fotos de pedras e nos pedem ajuda para as identificar.
Tentamos ser úteis e responder a todos, mas mesmo o melhor gemólogo do mundo não pode identificar adequadamente uma pedra preciosa apenas por uma fotografia.
Mesmo uma inspeção visual detalhada da pedra preciosa em mãos raramente é suficiente para a identificação de pedras preciosas.

Outros de nossos leitores procuram compradores para seus "diamantes" identificados com testadores de diamantes como o DIAMOND TESTER II, III, IV etc,etc, equipamentos baratos com precisão nada fiáveis, mporém nem sempre a culpa é do testador de diamantes, sendo uma das causa o não seguir coretamente as instruções dos testadores o que podem causar distúrbios na leitura fazendo-o induzi-lo ao erro dizendo que são diamantes quando na verdade não são.

Então vamos explicar quais são os melhores equipamentos para testar a sua pedra:

Microscópio digital para pedras preciosas
O estudo sistemático de pedras preciosas percorreu um longo caminho desde os dias em que qualquer pedra vermelha atraente era chamada de rubi. Hoje, os gemólogos devem ser capazes de identificar mais de 200 variedades diferentes de pedras preciosas, além de detectar uma lista cada vez maior de pedras oriundas de tratamentos sintéticos.
O que uma vez foi uma arte tornou-se uma ciência, e a identificação das gemas sem medição cuidadosa é apenas uma adivinhação.
OFICINA70.COM apenas pode sugerir e dar alguns conselhos de como proceder para que possa identificar a suas pedras. Por isto, não damos nenhuma certeza sobre a variedade ou tipo de sua pedra se não tivermos ela em mãos.

Polariscope para teste de pedras preciosas
Todo tipo de pedra preciosa possui um conjunto único de propriedades físicas e ópticas. Estes incluem não apenas cor e brilho, mas também dureza, gravidade específica (também chamada de densidade) e índice de refração. Embora vários tipos de pedras preciosas possam ter aproximadamente a mesma gravidade específica ou o mesmo índice de refração particular, cada tipo de gema tem um perfil único que é uma combinação dos resultados de todos os testes básicos. Não é recomendado usar apenas um teste para identificar uma gema, a menos que uma pedra preciosa possua um traço muito singular que possa ser determinado por um único teste e isto raramente ocorre.

Índice de Refração Líquido
As ferramentas gemológicas básicas não são difíceis de se aprender a usar. Eles incluem desde uma lupa simples de 10x (uma ferramenta poderosa nas mãos de um especialista), o refractômetro (para medir o índice de refração), o polariscope (para identificar gemas isoladamente e duplamente refractivas) até uma escala precisa de 1/100 de quilate (para medir a gravidade específica).
Também não são todas as joalherias que possuem estes tipos de equipamentos para efetuar testes nas suas pedras, pelo que deverá se dirigir às grandes joalherias de renome e de sua confiança. Também há ourives ou gemólogos e lojas que vendem cristais que tem e podem efetuar estes tipos de testes mais sofisticados cobrando um determinado valor pelos serviços, sendo que para certificação da pedra cobram outro valor, sendo que dependendo do tipo de gema que encontrou os valores pagos podem valer a pena na hora de vender a sua pedra preciosa.

Espectroscópio para teste de pedras preciosas
O microscópio binocular é uma ferramenta extremamente importante. Ele pode ser usado para detectar de forma confiável sinais de tratamento térmico ou enchimento de fratura, por exemplo, embora seja necessária muita habilidade e experiência. Algumas formas de tratamento só podem ser detectadas por equipamentos especializados e caros. Detectar o tratamento de radiação requer o uso de espectroscopia de raios gama e o tratamento com berílio de safira é detectado de forma mais confiável com um procedimento conhecido como LIBS (Espectroscopia de avaria induzida por laser). É improvável que você encontre essas ferramentas em seu laboratório de gemologia local.

Gemstone Tester
Identificador de pedras preciosas
Um gemólogo bem treinado com vasta experiência em um tipo especial de gema geralmente pode fornecer informações muito detalhadas sobre uma pedra preciosa, incluindo informações sobre sua origem. Este tipo de julgamento informado sobre a origem, precisa ser distinguido dos testes quantitativos que dão conclusões definitivas sobre o tipo de pedra preciosa. Isso geralmente se reflete na redação dos certificados emitidos pelos laboratórios de gemologia. Enquanto o laboratório pode identificar de forma conclusiva o material como rubi (corindo); só pode dizer que as características observadas são consistentes com o material extraído em Madagascar, por exemplo.

A gemologia tornou-se numa ciência, mas ainda há alguma arte nela.

Se quiser se dedicar mais a isto ou apenas fazer um curso nesta área da gemologia, procure se informar se há algum na sua região.

Seja apenas para testar uma pedra preciosa ou para entrar no mercado de testadores de pedras preciosas, estes são os equipamentos que poderão dar mais precisão na análise de pedras.

Fontes:
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Segue-nos e partilhe com amigos...