Como testar uma rocha com ouro

Como testar uma rocha com ouro, ou não

Como testar uma rocha com ouro
O ouro é pesado, quando você segura uma pepita na palma da sua mão, ele vai parecer como um peso de pesca de chumbo. No entanto, apenas o peso não é suficiente para identificar ouro real em uma rocha. Como amador, você pode testar uma rocha com ouro de várias maneiras.

Testes de campo simples
gold
Muitas pessoas confundem pirita, ouro de tolo, como sendo ouro verdadeiro. Testes de campo simples podem ajudar você a identificar se encontrou ouro verdadeiro. O ouro do tolo arranha o vidro, enquanto o ouro real não. A pirita de ferro é atraída pelo ímã, mas o ouro real não é magnético. O ouro real também deixa um risco amarelado de ouro quando arranhado contra um pedacinho de cerâmica sem lustro, como as costas de um pedaço de azulejo do banheiro, mas a pirita de ferro deixa um traço de cor preto-esverdeada.

Sendo assim, o seu kit de caça ao ouro deverá conter, um pequeno imã, um pedaço de azulejo sem brilho para poderem ajudá-lo a identificar o ouro real num piscar de olhos.

Ouro de aluvião
O ouro é normalmente encontrado em riachos, córregos e rios. Se você caçar com um detector de metais, poderá encontrar ouro em leitos secos. Alguns detectores de metal têm um recurso que permite estreitar o sinal para que ele responda apenas ao ouro, o que ajuda muito na hora de caçar em leitos de riachos secos. Na bateia, o ouro fica no fundo, porque é mais pesado do que outras pedras. É maleável, o que significa que pode ser amassado e tem uma cor amarela, não brilha ao sol mantendo-se praticamente opaco mesmo na sombra. O ouro pode até ter quartzo ou outro material mineral ainda ligado a ele.

Esmagar a rocha
Os garimpeiro da Califórnia desde os anos de 1840 usavam caixas eclusas para extrair e separar o ouro da areia ou da brita. Passados muitos anos os garimpeiros de ouro ainda usam o mesmo processo sendo que houve uma melhora significativa na caixas concentradoras de ouro para evitar o máximo disperdício.
Esmague a rocha com um martelo pesado, certificando-se de conter os pequenos pedaços de ouro. Coloque o material no topo de uma caixa de eclusa e adicione água para empurrar as pedras para baixo na calha ligeiramente inclinada. O ouro normalmente se acumula nos cumes destas calhas concentradoras de ouro. Outra opção é colocar esta rocha esmagada em uma bateia para remover os pedras mais leves e deixar o ouro.

Teste dos ácidos
ouro em filão de quartzo
Pegue uma pedra de quartzo que contenha ouro e coloque-a dentro de uma jarra de vidro. Adicione vinagre branco ao jarro, cobrindo toda a rocha com o vinagre. O vinagre à base de ácido dissolve lentamente os cristais de quartzo em torno do ouro, deixando apenas pedaços de quartzo ligados ao ouro. Outros ácidos mais potentes, como os usados ​​em ambientes industriais, podem funcionar mais rapidamente, mas exigem cuidados e medidas de segurança adicionais quando usados.

Contrate um geólogo
ouro hidrotermal em pedra de quartzo
Antes de reivindicar um local em que você encontrou uma possível mina de ouro, leve uma amostra de mineral para um geólogo analista ou para órgão e entidades legais como o CPRM. Os analistas irão analisar todo o conteúdo metálico da rocha, o que pode ajudar a determinar se deve registrar uma reivindicação de lavra garimpeira de ouro no local em que foi encontrado este ouro. Tenha em mente que muitas rochas que contêm ouro não tem ouro suficiente para cobrir o custo de extraí-lo. A quantidade de ouro na rocha quando analisada vai indicar se é viável ou não a extração do ouro.

Fonte:

Sem comentários:

Enviar um comentário

Segue oficina70.com