Maiores pepitas de ouro do Brasil

Lista das maiores pepitas de ouro encontradas no Brasil
(1 menção)

Pepita é o nome dado a um metal nativo, em especial ao ouro, quando ocorre como grãos ou palhetas.
Pepitas de ouro são raras e, consequentemente, mesmo uma pequena pepita vale uma vez e meia a duas vezes o preço de cotação do ouro.

Três das maiores pepitas de ouro do mundo foram encontradas no Brasil, no garimpo de Serra Pelada (Pará) em meados dos anos 80 durante a corrida do ouro e estão expostas, em estado natural, no Museu de Valores do Banco Central do Brasil, em Brasília juntamente com as suas contrapartes:
As imagens das pepitas de ouro Canaã, são Cortesia de Banco Central do Brasil

Pepita Canaã
canaã gold nugget
Canaã, a maior pepita de ouro nativo sobrevivente do planeta.
A maior pepita do Brasil com um peso bruto de 60,820 gramas, (desse total, são 52,3 kg de ouro contido) foi descoberta em 13/09/1983 por Júlio de Deus Filho.
Composição química:
90,01% de ouro (Au)
8,65% de paládio (Pd)
1,34% de Ag, Fe, Cu, S, Si, Mn e Te

Canaã 2
Com um peso bruto de 42,7 kg, esta pepita foi descoberta em junho de 1983 por Albino Lienkim no garimpo de Serra Pelada.
Canaã 2 (40,5kg)
Canaã 2

Canaã 3
A terceira, com peso bruto de 39,5 kg, foi descoberta em 4/09/1983, por José R. de Oliveira.
cannaã 3 gold nugget
Canaã 3 é notável por seu distinto tom vermelho ferroso.

Canaã 4
Foi encontrada em Serra Pelada, em 14/06/1983 por Amadeu A. Rodrigues e pesava 36,2 kg.
gold nugget canaã, brazil

Canaã 5
Descoberta também em Serra Pelada em 03/03/1983 e pesava 35,5 kg.
canaã large gold nuggts


6ª.
Mais uma vez Serra Pelada nos daria outra grande no mesmo dia da da 5ª posição e pesava 26,5 kg.

7ª.
Batizada de Democracia, esta pepita pesava 19,5 kg e também saiu do garimpo de Serra Pelada.

8ª.
Batizada de Zé Arara, esta é a única pepita de ouro entre as maiores que NÃO saiu do garimpo de Serra Pelada, foi encontrada em Itaituba - PA e foi encontrada por José Cândido Araújo.


NOTAS:
A pepita Canaã é a maior pepita de ouro nativo em exposição no mundo, ela não foi fundida, enquanto outras similares pelo mundo foram. A pepita Canaã é apenas parte de uma pepita bem maior, de 150 kg, que se quebrou quando garimpeiros retiravam-na do solo.
Repare que da lista acima, apenas uma pepita não foi encontrada no Garimpo de Serra Pelada.
Calcula-se que foram extraídos cerca de 45 toneladas de ouro desde sua inauguração até o fechamento oficial em 1992.

Das 15 maiores Pepitas de Ouro já descoberta no mundo, 8 foram descobertas no Brasil.

Menção honrosa para a pepita:
TORRÃO DE ÁGUA QUENTE
Em plena corrido do ouro, nos sertões da província de Goiás, o tesouro mais querido do Rei de Portugal, Dom João VI, seria encontrado nas lavras de ouro da Colônia.
Uma PEPITA de ouro de 20 kg.
Assim que foi encontrada, foi levada aos cofres portugueses, do outro lado do Atlântico, para fazer parte do Tesouro da Coroa Portuguesa.
Ela foi batizada de “TORRÃO DE ÁGUA QUENTE”.
Só que, em 1807, durante a invasão de Portugal pelas tropas de Napoleão, o General Francês Margaron, foi responsável de encontrar e se apoderar de itens valiosos do tesouro da Coroa Portuguesa, incluindo, o “Torrão de Água Quente Goiano”.
Ao chegar à Lisboa, Margaron obrigou o Barão Eschwege, renomado geólogo, contratado pela Coroa Portuguesa para cuidar do Gabinete de Mineralogia do Império, a entregar a PEPITA.
Margaron e Eschewege foram surpreendidos pelo diretor da repartição, o professor Demenico Vandeli, de que a pedra não estava mais por lá, e sim, no Brasil, milhares de quilômetros longe dali. 
Dois anos depois, já no Brasil, o Barão Eschewege, encarregado de aprofundar os estudos sobre mineração, além de catalogar e guardar tesouros minerais, perguntou ao Rei Dom João VI, onde poderia estar a PEPITA. 
Dom João teria dito: “Nada sei disto.”
Aí começa o mistério, pois a pedra sumiu!
Não estava em Portugal...
Não estava com os franceses!
E não estava no Brasil...
Onde estaria? 
Em 1826, quando Dom João VI morreu, durante seu minucioso inventário, entre seus pertences pessoais, lá estava o “TORRÃO DE ÁGUA QUENTE”.
Ele mentiu ao seu assessor sobre seu próprio tesouro. 
Logo que encontrada, a pedra foi novamente trancafiada, e durante 55 anos, ficou longe dos olhos de quem quer que fosse.
Por volta de 1881, o Rei Dom Luís I, bisneto de Dom João, em uma inspeção do tesouro real, reencontrou o “TORRÃO” no Forte das Necessidades. 
Porém, mais uma vez, agora Dom Luís I, escondeu a pepita, que só seria mostrada menos que uma dezena de vezes em 115 anos.
Em 1991, ela foi exposta ao público, em Lisboa e Bruxelas, para nuca mais ver a luz. 
Porém, o presidente brasileiro, José Sarney, tenha sido o único brasileiro, em mais de 100 anos, a por os olhos no “TORRÃO DE ÁGUA QUENTE” extraído em terras goianas, no ano de 1986, na ocasião de sua visita à Portugal.
Qual o motivo de Dom João VI ter tanto apego à pedra, depois de sua morte, ser escondida, daí, seu bisneto, Dom Luís I, também, se apegar ao objeto e escondê-lo dos olhos até da corte. 
Mesmo hoje, o TORRÃO DE ÁGUA QUENTE é encoberto de mistério, muito ciúme e proteção por parte de Portugal.

Fonte do Torrão de Água Quente:
Boa Ventura! A Corrida do Ouro no Brasil – 1697 a 1810
Livro:
“Boa Ventura! A Corrida do Ouro no Brasil (1697-1810)” FIGUEIREDO, Lucas.

Maiores pepitas de ouro do Mundo

Será você a encontrar a próxima pepita de ouro?

Fontes:

Teste de níquel para meteoritos

Teste de Níquel para Identificar Meteoritos
Os meteoritos são uma fonte constante de admiração para a maioria das pessoas. Eles brilham no céu em seu breve período de existência, e por vezes penetram na superfície da terra. Para estas pequenas, ou grandes pedras que caem do céu, elas exercem um fascínio nas pessoas que querem ter algo vindo de fora de nosso planeta, mas em outros ​​aspectos eles são uma excelente fonte de informações para os cientistas.
kit para testar meteorito
Para os sortudos que buscam ou por sorte encontram um pedaço destas pedras vindas do espaço elas tem muito valor comercial, e o descobridor de um deles geralmente é bem recompensado.
The Maryborough Meteorite
O meteorito Maryborough encontrado por um garimpeiro de ouro, foi encontrado em Victoria em 1995 e está exposto no Museus Victoria na Austrália

Porém, nem sempre o que parece ser um meteorito, é, e alguns espécimes são constantemente rotulados como meteoritos.

Veja AQUI fotos de pedras que se parecem com meteoritos mas não são, eles são chamados de falsos meteoritos:

Mas as pessoas que encontram pode salvar-se de muitas falsas esperanças e decepções se
elas tivessem algum meio simples de testar o meteorito suspeito.
Hoje vamos explicar como fazer um simples teste de níquel que você pode fazer em casa.
Mas antes saiba que existem dois tipos gerais de meteoritos; aqueles compostos de ferro e níquel e conhecidos como meteoritos de ferro, e aqueles compostos por vários elementos e conhecidos como meteoritos rochosos.
Ambos os tipos geralmente têm pelo menos pequenas quantidades de níquel e um teste de níquel pode eliminar um grande número de objetos comumente confundidos com meteoritos.

Meteorito cortado e polido

Kit para testar meteoritos MeteoriteID
Compre um kit para meteoritos pronto para usar, informações no final deste artigo.

ATENÇÃO:
Este teste não é conclusivo em uma rocha terrestre que contenha níquel.
(consulte tabela de rochas que contenham níquel)


O teste requer 4 produtos químicos:
Ácido nítrico (diluído);
Hidróxido de amônio (amônia);
Álcool e
Dimetilglioxina.

Uma pequena amostra do material a ser testado é moída em um pó fino e dissolvida em ácido nítrico.
Então adicione hidróxido de amônio até a solução ficar nitidamente alcalina.
Um teste de alcalinidade é realizado usando papel de tornassol,
de preferência vermelho, e a cor mudará para azul quando for adicionado hidróxido de amônio.
Se um marrom avermelhado massa forma-se neste ponto, é uma indicação da presença de ferro.

Deixe a massa marrom avermelhada assentar e, em seguida, despeje cuidadosamente o líquido transparente. O líquido claro também pode ser filtrado do material sólido.

Enquanto o líquido está limpando ou filtrando, a solução de dimetilglioxina pode ser preparada.
Dissolva este produto químico em cerca de um grama de álcool até que o álcool não aguente mais. Esta é uma solução saturada. Adicione algumas gotas desta solução
para o líquido claro e um precipitado vermelho escarlate ou rosa indica a presença de níquel.

A presença de níquel na amostra indica que tem a possibilidade de ser um meteorito, e você pode então entrar em contato com alguma agência que possa ajudá-lo mais.
NOTA: "se a cor rosa desaparecer após 5 minutos, o metal contém Ni, mas não o suficiente para ser de origem meteorítica".

Se for para vender, então pague para ter um certificado do meteorito, é caro mas o valor de venda do meteorito vai fazer valer o valor do certificado.

No entanto,se não tiver níquel, você pode ter uma certeza razoável de que sua pedra não é, porém, consulte mais especialistas ou envie sua pedra para que sejam feitos testes laboratoriais. Isto poderá ocorrer de não se tratar de um meteorito e você gastar se dinheiro em vão.

ATENÇÃO:
Alguns destes produtos químicos são perigosos e
nocivo quando ingerido, inalado e absorvido pela pele.
Use sempre equipamentos de proteção, óculos , luvas e máscaras ou deixe isto para um profissional.

Onde vai encontrar os produtos químicos para o teste?
Dentre este, o ácido nítrico vai ser um pouco mais difícil de ser encontrado, uma vez que (puro) é controlado pelas forças de segurança, no entanto poderá eventualmente encontrar diluído em casas de produtos para agricultura.
Já o hidróxido de amônio poderá encontrar em lojas de produtos químicos.
A dimetilglioxina pode ser obtida em qualquer fornecedor de produtos químicos. Isto é um
químico seco, branco cristalino usada em química analítica para a determinação e quantificação de níquel.
O álcool pode ser comprado em quase qualquer lugar.
O papel de tornassol pode ser comprado em loja de produtos para agricultura e também em lojas de produtos para laboratórios.

No entanto se você não deseja correr riscos, poderá comprar um kit simples e mais seguro para testar suas pedras suspeitas de meteoritos.

KIT de Teste Para Meteoritos, MeteoriteID
Este kit é apenas uma primeira etapa na identificação do meteorito, após, testes laboratoriais adicionais validarão sua descoberta, podendo então requerer um certificado e laudo ao laboratório onde enviou a sua amostra.
MeteoriteID test your meteorite

Sites para comprar um kit de teste para meteorito pronto para usar:
https://www.amazon.com/Nickel-Meteorite-Testing-Solution
https://nonickel.com/products/meteorite-id


Mais informações sobre o KIT MeteoriteID AQUI


Tira de papel para teste de níquel- BRASIL
Nota: As tiras de Teste Rápido Indicador de Níquel vendidos por esta empresa não serve para testes de níquel em meteoritos.


Fontes:

Segue oficina70.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...