Formações rochosas que contém ouro

Em que formações rochosas o ouro pode ser encontrado?
ouro em quartzo hidrotermal
Ouro em quartzo hidrotermal
O ouro é mais frequentemente encontrado em quantidades muito pequenas misturadas com outros materiais. Prospetores de ouro experientes raramente procuram ouro, mas sim procuram por rochas e formações rochosas que são conhecidas por conter ouro.

Quartzo
Formações rochosas que contém ouro
O ouro é mais frequentemente encontrado na rocha de quartzo. Quando o quartzo é encontrado em áreas de rolamentos é possível que o ouro seja encontrado também. O quartzo pode ser encontrado como pequenas pedras em leitos de rios ou em grandes costuras em encostas. A cor branca do quartzo facilita a localização em muitos ambientes.
Formações rochosas que contém ouro
A maioria do ouro encontrado relacionado com o quartzo acontece em áreas hidrotermais.
Veio de ouro em quartzo hidrotermal
Veio de ouro em quartzo hidrotermal.

Aluvião
O aluvião é encontrado em material erodido.
ouro de aluvião
O aluvião é um depósito de materiais erodidos e sedimentos que é reunido em uma área. Como o ouro e outros materiais são erodidos, os pequenos pedaços são empurrados pela água e outras forças para o leito do rio e outras depressões. Como o ouro é mais pesado do que a maioria dos materiais que ocorrem naturalmente, ele fica no fundo desses depósitos.
O ouro de aluvião é encontrado no barranco das margens dos rios ou em seu leito. Recebe essa denominação porque se mistura a outras substancias ,argila, areia; acumuladas pela erosão. 

A exploração do ouro de aluvião dispensava o trabalho de prospecção, sondagem profunda. Para encontrar ouro emprega-se técnicas rudimentares, usando-se poucos equipamentos: bateia , peneira de madeira em forma de cone, carumbi, vasilha para transportar o cascalho e almocafre, enxada utilizada na mineração manual do ouro.

Rocha intrusiva
Rochas intrusivas ou rochas plutónicas
Rocha intrusiva é formada quando magma derretido é empurrado entre camadas de rocha existente. Rocha intrusiva é tipicamente muito dura e erode lentamente. Isso permite que a rocha circundante seja desgastada pelo vento e pela água, deixando apenas a rocha mais dura no lugar. Partículas pesadas, como ouro, provavelmente se acumulam contra as rochas mais duras, enquanto os materiais mais leves são mais facilmente removidos.

Formação de Gossan
chapéu de ferro, gossan
Os gossans auríferos formaram-se in situ a partir da oxidação de corpos sulfetados que continham pirita, galena, calcopirita e esfalerita, com pequenas quantidades de ouro e prata. A goethita é o mineral mais abundante, mas o ferro também está presente como hematita e em compostos amorfos. São também observadas texturas boxwork típicas derivadas da alteração da pirita. A assinatura geoquímica dos gossans são particularmente altas em Pb e Zn, moderadas em Cu, com teores anômalos de Au e Ag.
gossan de ferro
Os elementos calcófilos precipitaram com o ferro, resultando nos altos teores determinados por MEV-EDS nos óxi-hidróxidos de ferro. O ouro ocorre com partículas sub-milimétricas irregularmente distribuídas no plasma ferruginoso. O teor médio de Au nos gossans é 2 ppm, podendo atingir localizadamente 30 ppm. Raros são as formações de gossan acima desta volumetria.
ouro na limonita
Um geólogo ou um prospector experiente ao ver um gossan pode simplesmente pelas suas cores, determinar, imediatamente, se ele tem um maior interesse econômico.
O ouro do gossan pode ser facilmente recuperado por meio de um banho em ácido clorídrico.

ATENÇÃO:
Todo cuidado ao manusear ácidos, use luvas de borracha e óculos de proteção além de usálo em local bem ventilado.

Veja mais em:
https://www.oficina70.com/2015/07/que-tipos-de-solo-contem-ouro.html
https://www.oficina70.com/2018/04/formacoes-rochosas-que-contem-ouro.html

Fontes:

Sem comentários :

Enviar um comentário

Segue oficina70.com