Oficina70: Minerais fluorescentes (parte III)

Minerais fluorescentes (parte III)

A luz ultravioleta (UV) sobre os minerais (parte III)
(3/4)

Lâmpadas e lanternas para visualização de minerais fluorescentes
Alguns exemplos de luz UV para minerais:


(A) uma lâmpada UV gemológica padrão,
(B) a lâmpada de hobbyistas Mineralight,
(C) uma lupa de fluorescência UV comercial,
(D) uma fonte de luz LED de fibra óptica
(E) o espectrômetro de luminescência Thermo ABII.

As lâmpadas usadas por profissionais geólogos ou gemólogos para localizar e estudar minerais fluorescentes são muito diferentes das lâmpadas ultravioleta (chamadas "luzes negras") vendidas nas lojas. Estas lâmpadas não são adequadas para estudos minerais por dois motivos:
1) eles emitem luz ultravioleta de onda longa (a maioria dos minerais fluorescentes responde ao ultravioleta de ondas curtas);
2) eles emitem uma quantidade significativa de luz visível que interfere com a observação precisa, mas não é um problema para o uso se o teu negócio for mesmo só a termo de curiosidade e hobby.

Faixa de comprimento de onda ultravioleta:
Onda curta > 100-280nm >SW - UV-C
Onda média> 280-315nm >MW - UV-B
Onda curta> 315-400nm >LW - UV-A

As lâmpadas de nível científico são produzidas em uma variedade de comprimentos de onda diferentes. A tabela acima lista os intervalos de comprimento de onda que são mais utilizados para estudos de minerais fluorescentes e suas abreviaturas comuns.

As lâmpadas de grau científico usadas para estudos minerais têm um filtro que permite que os comprimentos de onda UV passem, mas bloqueiem a maioria das luzes visíveis que interferirão com a observação. Estes filtros são caros e são parcialmente responsáveis ​​pelo alto custo das lâmpadas científicas.

Um exemplo abaixo de uma lâmpada UV de 4 watts com uma pequena janela de filtro que é adequada para o exame atento de minerais fluorescentes.

Lâmpada para prospecção mineral noturna
Uma área onde se suspeita haver minerais de valor econômico que se sabe serem fluorescentes é percorrida à noite com uma lâmpada de luz ultravioleta. Quando ela incide sobre os minerais procurados, eles ficam iluminados.

Para esse fim, emprega-se muito a lâmpada conhecida comercialmente como mineralight. Há vários modelos e em um deles, muito usado em prospecção mineral, mas neste modelo em questão a energia é fornecida por uma bateria, que pode ser presa à cintura do prospector. A lâmpada fica embutida numa peça de plástico, ligada por um fio até bateria.

Segurança da lâmpada UV
Os comprimentos de onda ultravioleta da luz estão presentes na luz solar. Eles são os comprimentos de onda que podem causar queimaduras solares. As lâmpadas UV produzem os mesmos comprimentos de onda da luz, juntamente com os comprimentos de ondas UV de ondas curtas que são bloqueados pela camada de ozônio da atmosfera terrestre.

Pequenas lâmpadas UV com apenas alguns watts de energia são seguras para curtos períodos de uso.

O usuário não deve olhar para a lâmpada, brilhar a lâmpada diretamente sobre a pele ou brilhar a lâmpada para o rosto de uma pessoa ou animal de estimação. Olhar para a lâmpada pode causar lesões oculares graves. Brilhar uma lâmpada UV na sua pele pode causar "queimaduras solares".

Protecção dos olhos deve ser usada quando utilizar qualquer lâmpada UV. Óculos de bloqueio de UV baratos, óculos de segurança de bloqueio de UV ou óculos de suspensão de bloqueio UV fornecem proteção adequada ao usar uma lâmpada ultravioleta de baixa tensão por curtos períodos de tempo para examinar pedras.

Os procedimentos de segurança das luzes UV utilizadas para estudos de minerais fluorescentes não devem ser confundidos com os fornecidos com os "blacklights" vendidos em lojas de festa. "Blacklights" emite radiação ultravioleta de baixa onda de baixa intensidade.
A radiação UV de onda curta produzida por uma lâmpada de estudo mineral contém os comprimentos de onda associados à queimadura solar e lesões oculares. É por isso que as lâmpadas de estudo de minerais devem ser usadas com proteção para os olhos e manipuladas com mais cuidado do que as "luzes negras".

As lâmpadas UV usadas para iluminar grandes displays minerais ou usadas para trabalhos de campo ao ar livre têm tensões muito maiores do que as pequenas luzes UV usadas para o exame de espécimes pelos estudantes. A proteção dos olhos e a roupa que cobrem os braços, pernas, pés e mãos devem ser usadas ao usar uma lâmpada de alta tensão.

Exemplos de minerais fluorescentes:
Jaspe de oceano fluorescente sob os dois tipos de onda:
A imagem mostra alguns pedaços de jaspe de oceano sob luz normal (superior), ultravioleta de onda longa (centro) e ultravioleta de onda curta (inferior). Ele mostra como os materiais respondem a diferentes tipos de luz.


Fontes:
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Segue-nos e partilhe com amigos...