oficina70.com: Energias
Mostrar mensagens com a etiqueta Energias. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Energias. Mostrar todas as mensagens

Como fazer um gerador de hidrogénio caseiro

Hoje em dia há muitos kits para converter seu carro para uma célula de combustível híbrido de hidrogénio que vai te ajudar a poupar muito e ser mais amigo do ambiente.
HHO Generators Cars and Vans
(Existem carros totalmente movidos a hidrogénio com tanques que são reabastecidos com hidrogénio líquido e outros que já circulam com geradores de hidrogénio com células menores que simplesmente vão ajudar economizar combustível fóssil).

Como funciona e como é simples de fazer um gerador de hidrogénio
ATENÇÃO:
Não use o modelo de gerador do video para instalar em seu carro, procure por um kit gerador de hidrogénio profissional.

Como produzir gás hidrogênio sem energia elétrica

Basta fazer uma busca na Internet e vai ver vários artigos que falam sobre as vantagens e desvantagens do hidrogénio em veículos.

Veículos movidos a hidrogénio parecem ser a solução ideal, pois só emitem vapor de água, mesmo não tendo capacidade para fazer viagens longas e propensos a falhas. No entanto a carta esta jogada e a tecnologia ao longo dos anos será definitivamente melhorada, tornando-o um combustível perfeito para o planeta e fazendo dos combustíveis fósseis obsoletos.

Como fazer células de combustível de hidrogênio HHO:
http://ophicina70.blogspot.pt/2016/10/como-fazer-celulas-de-combustivel-de.html

O hidrogénio na tabela de emissões:

Saiba como converter a luz solar em energia
para produzir gás de hidrogênio
http://www.oficina70.com/2016/11/como-converter-luz-solar-em-energia-e.html

25 dúvidas sobre o hidrogênio usado em carros:
http://www.oficina70.com/2018/06/23-duvidas-sobre-hidrogenio-veicular-hho.html


Onde comprar um Kit de Hidrogênio (HHO) para carro?

No Brasil:


Em Portugal:

(brevemente)

Como limpar e energizar cristais

"Cada cristal tem várias camadas áuricas no seu corpo etérico, assim como os seres humanos. No núcleo mantêm a energia primordial e as restantes camadas são sensíveis ao ambiente que os rodeia. Os cristais são muito sensíveis às influências energéticas, eles vão absorvendo e acumulando na sua estrutura molecular todo o tipo de poluição (electrónica e mental) e desequilíbrios energéticos (energias negativas, emoções,...).
Quanto mais vão acumulando, mais sujos vão ficando, o que vai reduzindo o seu funcionamento e capacidades. Por isso, é conveniente limparmos os nossos cristais, quando achamos que eles se encontram nestas condições. Quando adquirimos um cristal, temos de limpá-lo, pois ele passou por um longo processo e caminho antes de chegar às suas mãos e traz muitas energias de tudo aquilo por que passou. É como quando chega ao fim de um dia de trabalho, cansado, com o stress de tudo aquilo por que passou durante o dia. 

Algumas formas para limpar um cristais:
- deixá-lo de molho em água e sal marinho (ou sal grosso), ao ar livre, por um dia ou mais. Se não tiver quintal ou outro espaço para deixá-lo ao ar livre, use o parapeito da janela, para que ele apanhe a energia do sol e da lua (é muito bom inclusive quando chove). 

- deixá-lo enterrado na terra durante pelo menos um dia e uma noite (há quem os deixe por um mês); 

- colocá-lo numa drusa/geodo de ametista ou num aglomerado de cristais de quartzo transparente (limpa e carrega); 

- lavá-lo num riacho ou nascente de água, no meio da natureza; 

- emergi-lo numa mistura de água morna, sal marinho e de vinagre de cidra, por vinte minutos a meia hora; 

- envolvê-lo em fumo de incenso como sândalo, cedro ou outros usados para limpeza. Certifique-se que todos os lados do cristal são limpos; 

- usar a sua respiração. Inspire calmamente pelo nariz e expire lentamente para o cristal com a intenção de o limpar; 

- usar energia para o limpar, como Reiki, Karuna... Mesmo que não esteja iniciado em qualquer uma destas energias, relaxe, concentre a sua intenção na limpeza do cristal, segurando-o numa mão e, fechando os olhos, visualize um raio de luz saindo da sua outra mão em direcção ao cristal (uma mão por baixo da outra); 

- colocar o seu cristal debaixo de água fria corrente (como a torneira) e visualizar uma luz dourada a sair junto com a água e a limpar e purificar o seu cristal; 

- emergir o cristal em sal grosso ou sal marinho durante a noite ou mais tempo. 

Como disse, existem muitas formas de o fazer. Siga a sua intuição e use o método com que se identifique. Veja o cristal como uma extensão de si próprio e use o método que usaria para se limpar energéticamente a si próprio, aquele que gostasse mais. 

Se escolher usar água para limpar o seu cristal certifique-se apenas de que a água não o vai destruir. Se for um cristal de aspecto fibroso ou sedoso, escolha outro método de limpeza. Aliás, procure deixar tanto a água como o sal para limpezas mais profundas quando sabe que não vai danificar o cristal. Veja mais informações na página de cada um dos cristais. Não use, igualmente, recipientes em alumínio para mergulhar os seus cristais. 

Para carregar  e energizar os seus cristais:

- deixá-los ao sol e à lua, ao ar livre, por um ou dois dias (e noites); 

- deixá-los numa altar ou local de devoção; - usar energia; 

- expô-los numa tempestade por 3 horas ou mais; 

- colocá-los dentro de uma pirâmide, orientada para o norte magnético; 

- usar determinada cores ou sons para carregá-lo. 

Siga também a sua intuição e a sua criatividade. Cada cristal é diferente e poderá usar várias formas de limpeza e energização com cristais diferentes. Oportunamente, colocarei neste site um outro artigo com mais informações sobre este assunto. 

Quando limpar e carregar os seus cristais não o faça a pensar no que tem para fazer ao longo do dia, entregue-se a esse momento, com carinho. Faça-o com intenção de limpar os cristais e a si próprio. Habitue-se a limpar os seus cristais regularmente e repare na diferença entre o antes e o depois.

Atenção:
Deve ter-se o cuidado de ver se o cristal possui alguma fragilidade que impeça um método de limpeza.  

Se escolher usar água para limpar o seu cristal certifique-se que o cristal não é solúvel em água.

Use recipientes de vidro para emergir os cristais, pois alguns cristais podem reagir com metais.

Como fazer fogo usando água

Isso mesmo, como fazer fogo usando água?
Sim é possível
O fogo e a água: inimigos mortais? Não tão rápido!
Aqui estão cinco maneiras de iniciar um incêndio, utilizando água.
Para mais vídeos, visite http://www.thekingofrandom.com

Como encontrar um trevo-de-quatro-folhas

Realmente era assim que eu encontrei mais de uma centena de trevo-de-quatro-folhas, pois após encontrar a primeira dezena me tornei craque nisto e peguei os macete de onde encontrar os tais trevo da sorte, mas não encontrava só os de 4 folhas, mas sim de 6, 7, e até 8 folhas.
Aqui estão as dicas para que você encontre mais fácil o seu trevo-de-quatro-folhas, boa sorte.

Os trevos de quatro folhas estão ao redor do mundo para dar a quem os encontrar boa sorte e fortuna. Se estiver se sentindo desafortunado, ou precisar de um amuleto de sorte rápida, você vai querer saber como encontrar um. Continue lendo para detalhes e instruções de como encontrar o seu próprio trevo de quatro folhas da sorte.


1. Encontre um ramo de trevos
Se você encontrar um ramo de plantas em que todas têm quatro folhas, provavelmente é uma planta parecida com o trevo, como a Marsilea quadrifolia (as folhas têm um formato triangular com as pontas arredondadas, cresce em solo úmido e na água) ou Oxalis tetraphylla/deppei (roxa no centro, onde as quatro folhas se encontram). O que você está procurando é por um ramo de trevo branco (Trifolium repens, identificado pelas flores brancas) porque ele tem mais chances de produzir uma planta de quatro folhas do que outros tipos de trevo.

2. Verifique o ramo
Quando estiver começando, não olhe para cada trevo individualmente. Abra o ramo gentilmente com os pés para que você possa ver todos os trevos. Isso deve fazer com que os trevos mais escondidos apareçam. Seus olhos naturalmente verão o trevo diferente. Se encontrar 3 ou mais em menos de 3 minutos, você provavelmente tem um ótimo ponto de coleta. Marque esse lugar e visite-o com frequência, porque a mutação acontecerá de novo. Você pode geralmente conseguir 10 ou mais de um lugar como esses se observar de perto.

3. Identifique quaisquer variações de quatro folhas
A maioria dos trevos de quatro folhas tem uma folha que é menor que as outras três. Alguns tem linhas brancas ou vermelhas. As folhas podem ser arredondadas ou em forma de coração.

4. Marque a área
Todo mundo sabe os trevos de 4 folhas são causados por um defeito genético na raiz da planta de trevo. A maioria dos ramos de trevos ou está crescendo a partir de uma planta, ou de um conjunto delas. Então as chances são de que se você encontrar um trevo com defeito, é provável que haja mais deles lá. Ponha uma pequena bandeira, ou algo para marcar o local para que você possa checar as demais áreas.

5. Preserve seus trevos da sorte seguindo as instruções de como preservar flores e folhas

6. Se você quiser mais do bom, gentilmente remova a parte com o trevo de 4 folhas, com mais 4 ou 5 trevos e ponha na água em um lugar com luz solar direta. Quando ele começar a crescer as raízes, plante em uma área livre do quintal. Ele se espalha rapidamente e o ramo terá a mesma genética que o original.

7. Colha as flores do trevo quando elas ficarem marrons
Armazene as sementes até a próxima primavera, ou refrigere-as. Plante-as e espere que cada planta jovem tenha dezenas de folhas para determinar se ela tem o gene multi-folhas. Eu tenho criado trevos há mais de 20 anos e minha última colheita foi de cerca de 30% (ou seja, 30% das plantas tinham folhas múltiplas).

8. Os trevos não se desenvolvem tão bem em jarros; é melhor transportá-los para uma área de terra (ou seu quintal) o mais cedo possível. Ele também é muito sensível a desidratação e a desidratação severa pode fazer com que ele volte ao seu estado de três folhas, mesmo que ele seja hidratado e comece a florescer novamente.

Dicas
A melhor hora para procurar por um trevo de quatro folhas é quando está chovendo e/ou úmido.
Os trevos de quatro folhas são mais abundantes em áreas com movimento. Procure por trilhas que passem por um ramo de trevos.
Os trevos mutantes são mais presentes no fim do verão.

Fonte:

Segue oficina70.com