Mostrar mensagens com a etiqueta Bebidas. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Bebidas. Mostrar todas as mensagens

Como fazer o famoso Licor de Merda e Licor de Leite

Não, não é bem o que você esta pensando, isto é mesmo um licor.
Aqui esta a receita para você fazer o Licor de Leite e o Licor de Merda em casa.

Mas antes...o que é o Licor de Merda?

Na verdade o Licor de Merda tem origem no Licor de Leite o qual é da tradição culinária açoriana. Açores,Portugal.
Chama-se Licor de Merda porque o Sr. Luís Nuno Sérgio da Silva consegui registrar o nome em 1974.

Ao contrário de outros licores em que, variando as proporções da receita se pode optar entre usar álcool ou uma aguardente, no licor de leite tem mesmo de se usar álcool (1)*, dado o grande volume de água que o leite transporta, sendo obrigatório o uso de álcool alimentar, nunca álcool sanitário que, apesar de custar um décimo do preço, é tóxico se ingerido. Como o litro do álcool alimentar é muito alto, este é um licor que vai sair muito caro.

Ingredientes e preparação do licor de merda:
1 lt de leite;
500gr de açucar;
150 gr de cacau em grão;
1 vagem de baunilha aberta ao meio;
1 pau de canela;
2 rodelas de laranja;
2 rodelas de limão (sem a baga)
1 lt de aguardente.

Colocar todos os ingrdientes em um recipiente  mexer e vedar bem.
Manter fechado durante 20 dias mas mexa-o diariamente com uma colher de pau por poucos minutos e se possível à mesma hora.
Quando acabar os 20 dias salte para a fase 6 da preparação igual ao do licor de leite
abaixo.

Ingredientes e preparação do licor de leite:
(apenas para metade da receita tradicional)
0,5l de leite do dia, pasteurizado
0,5l de álcool alimentar a 90° (2)*
0,5kg de açúcar
1/2 limão pequeno
1/4 vagem de baunilha
30g de chocolate

Dosagem dos ingredientes numa receita tradicional:
1- litro de leite 
1- litro de cachaça (e/ou aguardente)
1- kg de açucar 
1- limão
1-vagem de baunilha
1-tablete de chocolate

1. Raspe o chocolate com uma faca afiada de modo a ficar com aparas finas, mas não em pó. Retire o vidrado ao limão, rejeite a parte branca que por vezes amarga e corte os gomos em pedaços.
2. Num recipiente de boca larga, misture os cinco primeiros ingredientes, agite e introduza então o leite, devagar, de modo a que faça flocos grandes, ficando com este aspecto grumoso.

3. Deixe assim por algumas horas.
4. Após as primeiras horas de repouso, agite o frasco duas ou três vezes por dia de modo a que se dissolva o açúcar que fica depositado no fundo, o que acontece em três a quatro dias.

5. Continue com a agitação diária até perfazer cerca de duas semanas, altura em que o chocolate já se desfez parcialmente e o licor é agora uma massa acastanhada pouco atraente.

6. Chegou o momento mais trabalhoso deste licor tão simples: a filtragem.
Forre um (ou mais) funil com papel de filtro de malha apertada, ou com papel de cozinha que funciona na perfeição e vá deitando esta massa espessa de onde vai ser filtrado o delicioso e cristalino licor de leite.

O licor tem uma cor de âmbar claro e a filtragem dura por muitas horas, até dias, mas vale a pena a espera. O líquido filtrado deve ser perfeitamente cristalino sem qualquer vestígio de material em suspensão, o que se consegue apenas com paciência.
A clarificação que por vezes se faz noutros licores, aqui é virtualmente impossível dada a quantidade de massa sólida que contém.

Quando a filtragem chega ao fim, terá nos filtros uma pasta castanha (borra)
com o mau aspecto que a foto documenta 
guarde congelada, para fazer um pudim com estes restos.

(Aqui esta a origem para o nome "licor de merda",... a borra)

Notas:
(1) - Poderá usar uma aguardente branca bem forte (com mais de 40º pelo que terá de ser de destilação particular) diminuindo ainda assim a quantidade de leite.
(2) - É possível que, na farmácia, só encontre álcool alimentar a 96º. Embora haja cálculos exactos a fazer, de um modo prático pode baixar o grau alcoólico de 96º para 90º, juntando 0,6dl de água a um litro de álcool a 96º (ou 15ml, uma colher de sopa, num frasco de 250c.c.).

ATENÇÃO:
O licor obtido com aguardente deverá ser consumido rapidamente, no máximo de um ano, pois oxida-se e escurece com o guardar dada a pouca graduação em álcool.




Onde comprar Licor de Merda
em qualquer grande superfície de Portugal
ou em
http://www.garrafeiranacional.com/licor-de-merda.html

Fontes:
http://licordemerda.com/

Bebidas alcoólicas que contêm ouro

Estas bebidas alcoólicas contêm flocos de ouro
Os finíssimos e genuínos flocos de ouro de 24 quilates tornam estes licores únicos e excitantes.
Dado que não há mistura de outros metais, os flocos são 100% de ouro, não existindo qualquer risco para saúde.
Podem ser consumidos em shot ou com gelo.

A toxicidade do Ouro no corpo humano
O Ouro tem muitas propriedades medicinais desejáveis; enquanto a medicina moderna contesta esta, ouro nativo é conhecido por ser não-tóxico para os seres humanos e pode passar através do trato digestivo inalterado, ao contrário da maioria dos outros metais pesados.
Quando utilizado como um aditivo alimentar, o ouro é rotulado como E175; veja na lista de aditivos alimentares, Codex Alimentarius.

Preços absurdos? Não.
 Uma vez que os flocos são extremamente pequenos e fino, o preço não é proibitivo.

Gold Strike
Gold Strike
Gold Strike é um licor de canela contendo fragmentos de ouro, produzidas por Lucas Bols.
A empresa sugere que deve ser bebido como um tiro, com o lema "Shake, Shoot and Strike".
É um líquido claro que tem gosto de canela doce.
Embora no site da empresa os flocos de ouro são "24 quilates", algumas garrafas indicam que o ouro tem vários outros níveis de pureza, como 22 K ou 23,5 K.

Goldschläger
Goldschläger
Goldschläger é um licor de canela (43,5% de álcool), com flocos muito finos, ainda visíveis de ouro flutuante.
A quantidade real de ouro foi medida em cerca de 13 mg em uma garrafa de 1 litro.
Goldschläger foi produzido na Suíça até a década de 1990, quando a marca foi adquirida pela Diageo, que continuou a produção de aguardente Goldschlager na Itália. Desde 2008 que é uma marca da Global Brands e produzida na Suíça novamente. A palavra alemã Goldschläger ("batedor de ouro") designa a profissão de fabricantes de folha de ouro, que batem barras de ouro até que fiquem em folhas muito finas, com micrómetro.

Goldwasser
Goldwasser
A bebida alcoólica contêm pequenos flocos de ouro de 22 ou 23 quilates nela suspensa. Soluções alcoólicas foram utilizados pelos artistas para Gilding, que se acredita ser a inspiração para a bebida. A alquimia, estava no seu ponto alto no final do século 16, quando apareceu Goldwasser, .

A bebida foi inventada por um holandês de De Lier, Ambrosius Vermeulen, que se tornou um cidadão de Danzig em 6 de Julho de 1598.

Durante sua viagem para a Europa Ocidental o Czar russo Pedro I, o Grande visitou a cidade de Danzig. Ele fundou o consulado russo oficial em Danzig e se tornou um grande amante da Danziger Goldwasser. Ele ordenou a entrega definitiva de Goldwasser para a Rússia para si mesmo.

Diz a lenda que quando o rei Sigismundo II Augusto visitou Gdańsk em 1549 após sua coroação, parte da homenagem da cidade ao monarca foi um presente de Goldwasser, e ele disse ter cantado os louvores da bebida dourada, muitas vezes ao longo do resto de sua passeio.

Goldwasser é usado para dar sabor a um tradicional Soufflé Rothschild

Smirnoff Gold Collection
Smirnoff Gold Collection
A vodka apresenta flocos de ouro misturado com licor de maçã e uma pitada de xarope de canela.
O ouro tem um lugar de destaque em todas as execuções externas da garrafa em si e por dentro apresenta flocos reais de ouro comestível, magicamente suspenso no líquido de vodka verdadeiramente indulgente.
A Smirnoff Gold Collection é uma vodka de luxo inspirado pela opulência dos czares russos e sua paixão pelo ouro. Esta vodka é melhor quando servida directamente no gelo.


As lendas urbanas sobre estas bebidas:

A lenda urbana é que os flocos de ouro cortam a garganta ou no estômago após a ingestão, permitindo que o álcool entre diretamente na corrente sanguínea para uma intoxicação mais rápida.
A verdade é que o corpo humano contém sim ouro e que podem variar por diversos fatores, tipo de alimentação e localização geográfica de certos tipos de alimentos, pois depende também do tipo de solo de onde vem estes alimentos.

Leia mais sobre isto em:

Como falsificar Whisky

Jovem ensina como falsificar Whisky

O indivíduo em questão foi surpreendido por policiais da ROTAM do 12º BPM de Curitiba-PR.

CUIDADO com o que andas a beber....

Como abrir uma garrafa


Se não tiver um abridor de garrafas à mão há muitas maneiras diferentes de se abrir uma garrafa seja ela uma garrafa de vinho, cerveja, etc...
o que importa é não perder o líquido precioso.

21 formas de abrir uma garrafa
Se você assistiu o vídeo acima, ele mostra 21 maneiras engenhosas para abrir uma garrafa.
Graças a este vídeo, você nunca vai ter que chorar mais por uma garrafa fechada de cerveja novamente.

Como abrir uma garrafa de vinho usando o sapato

Para abrir uma garrafa de vinho com um sapato, basta remover o plástico que envolve o gargalo e escolher um sapato com uma sola grossa e forte. Tente determinar a melhor maneira de manter uma aderência sólida entre a garrafa e o sapato.

Depois, com um pouco de força, dê pancadas secas contra uma superfície sólida, com repetições, a rolha vai se soltar. Para não derramar o vinho pare o movimento antes que a rolha saia completamente da garrafa.


Como abrir uma garrafa de cerveja com uma folha de papel

Deu aquela vontade de beber uma cerveja mas não tem um abridor de garrafas?

Segue oficina70.com