Como garimpar diamantes de forma artesanal

Como peneirar diamante em rio

Esta é uma forma artesanal, pois em muitos lugares é proibido o uso de máquinas de forma industrial ou o acesso é muito difícil.

Procure um rio com um histórial em diamantes ou com uma mineração acima.

Uma peneira ideal tem 60cm de diâmetro e o tamanho da malha varia muito, mas também poderá garimpar diamantes com uma bateia.

Coloque um pouco de cascalho do barranco dentro peneira;
com movimentos circulares e rápidos rode a mesma sobre o seu eixo;
vez ou outra pare e quebre o barro ou argila com as mão;
volte a peneirar;
retire impurezas como tocos de madeira por exemplo;
retire pedras maiores para não atrapalhar na concentração do diamante;

ATENÇÃO:
"retire pedras que não são ou não se pareçam com diamantes, mas atenção às pedras invulgares ou bonitas, podem ser de um outro tipo de mineral que tenha algum valor, consulte um manual de pedras preciosas e semi-preciosas, e nem todo diamante é branco ou translúcido..."

Um diamante bruto busca sempre o centro da peneira, pois o diamante é mais denso e por isto mais pesado, e como resultado da força centrífuga imposta pelo garimpeiro, se concentra literalmente no centro desta.

Um diamante é "Inconfundível".

No que se refere a pedras preciosas, como o diamante, um quilate representa uma massa igual a duzentos miligramas.

Cada quilate equivale a 0,2 grama.

A maior parte deles é branco ou com tonalidade amarela.

Garimpeiros artesanais no Rio Tibagi no Paraná, Brasil.


O valor eleva-se depois da pedra lapidada.


Fontes:
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Segue-nos ou partilhe isto...