oficina70.com: Identificando e testando ouro no quartzo

Identificando e testando ouro no quartzo

Fazendo testes caseiros para identificar ouro no quartzo
Identificando e testando ouro no quartzo
Amostras de quartzo de F. Ferreira - Portugal
O ouro verdadeiro é um metal extremamente raro e valioso e apenas encontrado na natureza.
Encontrá-lo em grandes blocos de quartzo é praticamente impossível. Porém, pode ser que você consiga encontrar pedacinhos pequenos de ouro em pedras como o quartzo que é o mineral mais comum associado ao ouro. Caso tenha um pedaço de quartzo com traços amarelados e queira descobrir se ele contém ouro, aqui estão alguns testes caseiros que você pode experimentar antes de mandar a pedra para ser examinada por um ourives ou geólogo.
Identificando e testando ouro no quartzo
Amostras de quartzo de F. Ferreira - Portugal
Compare o peso de dois pedaços de quartzo
O ouro verdadeiro é muito pesado. Caso tenha uma pedra de quartzo com possíveis traços de ouro, experimente comparar o peso dela com o de outra pedra do mesmo tamanho. A primeira pedra será várias gramas mais pesada do que a segunda se contiver ouro.
O ouro verdadeiro pesa em torno de 1,5 vezes mais do que a pirita de ferro, também chamada de ouro de tolo.
O ouro de tolo e outros minerais parecidos com o ouro não aumentam o peso do quartzo. É possível que a pedra seja até mais leve do que o quartzo puro se as partículas douradas não forem verdadeiras.

Faça um teste com um ímã
Mais conhecida como ouro de tolo, a pirita de ferro é magnética, ao contrário do ouro verdadeiro. Segure um ímã forte (neodímio) ao lado do pedaço de quartzo com partículas douradas. Caso a pedra seja atraída pelo magnetismo, isso significa que o que ela contém é pirita de ferro ou algum outro mineral magnético.
Os ímãs de geladeira costumam ser fracos demais para esse teste.

Tente arranhar um pedaço de vidro com o ouro
Caso ele seja verdadeiro, o vidro não será arranhado, pois como deve saber, o ouro é macio e maleável. Procure uma pontinha dourada no quartzo e passe-a em uma superfície de vidro. O material vai ficar arranhado apenas se o ouro for falso.
Use um pedaço de vidro ou de um espelho quebrado.

Arranhe um pedaço de cerâmica não esmaltada com o ouro
Experimente fazer o teste em um azulejo de banheiro, por exemplo. Caso seja verdadeiro, o ouro vai deixar um risco dourado na cerâmica. Já a pirita de ferro vai deixar um rastro preto esverdeado.
Experimente fazer o teste em um azulejo solto do banheiro ou da cozinha. A maioria dos pratos de cerâmica é envernizada e não serve para detectar ouro.

Nas pedras das fotos acima, embora os traços e as cores se parecessem mesmo como sendo ouro, elas continham apenas ouro de tolo, ou seja, pirita de ferro.

Fonte:

Sem comentários :

Segue oficina70.com