Como limpar Moedas

 Aqui estão algumas noções básicas sobre como limpar moedas. 
A limpeza é um processo que deve ser feito com cautela, porque se mal feita, pode deteriorar uma moeda e nunca melhorará o seu grau de conservação, dando razão à expressão corrente que “muito boas moedas foram arruinadas e não melhoradas, pela limpeza e conservação”. Por tanto é melhor não mexer do que danificar o material. Porém o estado de conservação é o que realmente valoriza uma moeda.

Nota:
Na maioria dos casos não são recomendadas a limpeza de moedas mas sim a sua conservação. Pense duas vezes antes de limpá-las. Se as moedas forem colecionáveis ou valiosas, limpá-las provavelmente irá reduzir seu valor – algumas vezes em até 90% - além de não aumentar sua classificação (nos padrões definidos pelos colecionadores e negociadores para avaliar uma moeda); então, você deveria apenas deixá-las como estão. Se, no entanto, você só tem algumas velhas moedas que não valem muito mais que seu valor de face, e quer deixá-las mais apresentáveis, você pode limpá-las muito bem sem causar nenhum dano muito notável às suas superfícies.

Procure manusear as moedas com as mãos bem limpas pois os resíduos podem oxidar o metal com o tempo. Evite o contato direto com o disco, segurando sempre pelas bordas.

O método de limpeza apropriado para cada moeda depende do metal ou liga de que é feita. Ao iniciar a limpeza de moedas pratique com peças de menor valor e repetidas. Obtido o resultado desejado, pode-se trabalhar com maior segurança.

Limpeza de Moedas de Ouro
Lavar em água morna com sabão neutro, usando as pontas dos dedos e enxaguando na sequência generosamente com água corrente. Secar sem usar panos ou algodão que podem ter impurezas que riscam o ouro, metal nobre e o mais sensível de todos. Usar papel absorvente macio. Para remover a sujeira das partes mais difíceis pode-se usar a ponta humedecida de um palito de madeira. 

Para limpar Ouro com pequenas oxidações, mergulhá-lo em solução de água morna com sabão neutro o tempo que for necessário e em seguida prosseguir como descrito acima. 

Limpeza de Moedas de Prata
Lavar em água morna com sabão neutro, usando as pontas dos dedos e enxaguando na sequência generosamente com água corrente. Secar sem usar panos ou algodão que podem ter impurezas ou riscam o metal. Usar papel absorvente macio. 
Para remover a sujeira das partes mais difíceis pode-se usar a ponta humedecida de um palito de madeira. 

Importante:
Evite usar detergentes e produtos de limpeza próprios para pratas, pois a superfície da moeda ficará com um brilho artificial, que a desvaloriza fortemente. 

Não é aconselhável a limpeza das moedas de prata com uma borracha, já que o enxofre da borracha pode manchar a moeda e o atrito entre a borracha e a superfície metálica desenvolve intenso calor, acelerando a sua oxidação. 

Para as sujeiras mais difíceis ou oxidações, limpam-se as moedas de prata submergindo-as num recipiente com uma solução de ácido cítrico (suco de limão) , no tempo que for necessário. Depois, lavar generosamente com água 
e sabão neutro e secar. Se possível coloque-as por 15 minutos ao sol.

Limpeza de Moedas de Cupro-Níquel e Alpaca
Inicie a limpeza seguindo os mesmos passos da limpeza de moedas de prata e utilize uma pequena porção de pasta de dentes, limpando a moeda entre as pontas dos dedos ou usando uma escova de pelos macios ou de latão . Evite o uso de amoníaco, álcool ou detergentes e ainda a limpeza com borracha, pois a moeda oxidará rapidamente, tomando uma tonalidade avermelhada. Para o caso de sujeiras mais fortes, deixá-la submersa em um recipiente com uma solução adequada de ácido cítrico e em seguida siga para o passo da prata descrito acima.

Limpeza de Moedas de Cobre, Bronze e Latão
Devemos tomar cuidado em utilizar o método de limpeza com água para estes metais pois existem, por exemplo, algumas moedas de cobre muito esponjoso (especialmente as coloniais), que absorvem qualquer solução aquosa e por mais que se lave ou seque a moeda, ela começa a oxidar novamente dentro dos poros existentes.

Limpeza a seco:
Escove as peças com a escova de latão (não usar a mesma escova que foi utilizada nas moedas com limpeza húmida), sempre escovando o menos possível pois é só para tirar a sujeira e não para trazer um brilho na peça. 
Uma vez limpa a moeda, escove com grafite em pó utilizando uma escova de dentes para fixar o grafite e limpar eventuais resíduos de lixo. Além de dar um aspecto uniforme ao metal o grafite tampa as porosidades da moeda ajudando na prevenção de uma oxidação futura. 

Moedas com verdete procure o auxilio de um perito.

Limpeza de Moedas de Ferro
Não é aconselhável limpar uma moeda de ferro. Um erro grave seria lavá-la em água, quando muito, pode-se escovar ligeiramente sem a pretensão de restituir o brilho original ou de retirar a camada superficial oxidada (ferrugem). No caso do ferro, a oxidação na superfície raramente é uniforme, observando-se zonas ou pontos de corrosão mais profundos que não são possíveis de se retirar completamente.

Uma moeda de ferro limpa apresenta-se geralmente com pequenas manchas de ferrugem. Submergindo-a em óleo neutro, a moeda de ferro fica mais apresentável, removendo com as pontas dos dedos ou palito de madeiras as impurezas ou ferrugem. Usar em seguida o secador de cabelo ligeiramente quente e finalmente com papel absorvente ou toalha macia secá-las para poderem ser guardadas.

Limpeza de Moedas de outros metais
As moedas de Zinco, Alumínio, Estanho e outros metais, NÃO DEVEM SER LIMPAS.

Fontes:
 “Noções sobre limpeza, conservação e guarda de moedas e papel moeda” da
 “Associação Numismática de Portugal”, publicação de 2002.

"Catálogo das Moedas Brasileiras", 3ª Edição (1981), de Kurt Prober.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Segue-nos ou partilhe isto...