Como limpar e energizar cristais

"Cada cristal tem várias camadas áuricas no seu corpo etérico, assim como os seres humanos. No núcleo mantêm a energia primordial e as restantes camadas são sensíveis ao ambiente que os rodeia. Os cristais são muito sensíveis às influências energéticas, eles vão absorvendo e acumulando na sua estrutura molecular todo o tipo de poluição (electrónica e mental) e desequilíbrios energéticos (energias negativas, emoções,...).
Quanto mais vão acumulando, mais sujos vão ficando, o que vai reduzindo o seu funcionamento e capacidades. Por isso, é conveniente limparmos os nossos cristais, quando achamos que eles se encontram nestas condições. Quando adquirimos um cristal, temos de limpá-lo, pois ele passou por um longo processo e caminho antes de chegar às suas mãos e traz muitas energias de tudo aquilo por que passou. É como quando chega ao fim de um dia de trabalho, cansado, com o stress de tudo aquilo por que passou durante o dia. 

Algumas formas para limpar um cristais:
- deixá-lo de molho em água e sal marinho (ou sal grosso), ao ar livre, por um dia ou mais. Se não tiver quintal ou outro espaço para deixá-lo ao ar livre, use o parapeito da janela, para que ele apanhe a energia do sol e da lua (é muito bom inclusive quando chove). 

- deixá-lo enterrado na terra durante pelo menos um dia e uma noite (há quem os deixe por um mês); 

- colocá-lo numa drusa/geodo de ametista ou num aglomerado de cristais de quartzo transparente (limpa e carrega); 

- lavá-lo num riacho ou nascente de água, no meio da natureza; 

- emergi-lo numa mistura de água morna, sal marinho e de vinagre de cidra, por vinte minutos a meia hora; 

- envolvê-lo em fumo de incenso como sândalo, cedro ou outros usados para limpeza. Certifique-se que todos os lados do cristal são limpos; 

- usar a sua respiração. Inspire calmamente pelo nariz e expire lentamente para o cristal com a intenção de o limpar; 

- usar energia para o limpar, como Reiki, Karuna... Mesmo que não esteja iniciado em qualquer uma destas energias, relaxe, concentre a sua intenção na limpeza do cristal, segurando-o numa mão e, fechando os olhos, visualize um raio de luz saindo da sua outra mão em direcção ao cristal (uma mão por baixo da outra); 

- colocar o seu cristal debaixo de água fria corrente (como a torneira) e visualizar uma luz dourada a sair junto com a água e a limpar e purificar o seu cristal; 

- emergir o cristal em sal grosso ou sal marinho durante a noite ou mais tempo. 

Como disse, existem muitas formas de o fazer. Siga a sua intuição e use o método com que se identifique. Veja o cristal como uma extensão de si próprio e use o método que usaria para se limpar energéticamente a si próprio, aquele que gostasse mais. 

Se escolher usar água para limpar o seu cristal certifique-se apenas de que a água não o vai destruir. Se for um cristal de aspecto fibroso ou sedoso, escolha outro método de limpeza. Aliás, procure deixar tanto a água como o sal para limpezas mais profundas quando sabe que não vai danificar o cristal. Veja mais informações na página de cada um dos cristais. Não use, igualmente, recipientes em alumínio para mergulhar os seus cristais. 

Para carregar  e energizar os seus cristais:

- deixá-los ao sol e à lua, ao ar livre, por um ou dois dias (e noites); 

- deixá-los numa altar ou local de devoção; - usar energia; 

- expô-los numa tempestade por 3 horas ou mais; 

- colocá-los dentro de uma pirâmide, orientada para o norte magnético; 

- usar determinada cores ou sons para carregá-lo. 

Siga também a sua intuição e a sua criatividade. Cada cristal é diferente e poderá usar várias formas de limpeza e energização com cristais diferentes. Oportunamente, colocarei neste site um outro artigo com mais informações sobre este assunto. 

Quando limpar e carregar os seus cristais não o faça a pensar no que tem para fazer ao longo do dia, entregue-se a esse momento, com carinho. Faça-o com intenção de limpar os cristais e a si próprio. Habitue-se a limpar os seus cristais regularmente e repare na diferença entre o antes e o depois.

Atenção:
Deve ter-se o cuidado de ver se o cristal possui alguma fragilidade que impeça um método de limpeza.  

Se escolher usar água para limpar o seu cristal certifique-se que o cristal não é solúvel em água.

Use recipientes de vidro para emergir os cristais, pois alguns cristais podem reagir com metais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Segue-nos ou partilhe isto...